mister vs mister

É mister que se discirna mister de mister.

Alguns de vocês pensarão: Ora, para quê?! Se obviamente, de um lado, temos mister, palavra da língua portuguesa que significa necessário, fundamental. E de outro lado, mister, palavra da língua inglesa que se traduz em senhor.

Pois eu lhes responderia: Minha preocupação não jaz no significado destas palavras, mas na fonética, pois os vícios levam grande parte dos falantes de português a pronunciarem uma pela outra. Desta forma, poderíamos dizer que algumas tantas precisões tornam-se senhores, como, por exemplo, “É senhor que se discirna senhor de senhor.”

Isso porque vemos, frequentemente, a palavra em português sendo pronunciada “míster”, como soa o termo em inglês.

A palavra mister, empregada na língua portuguesa, é classificada como oxítona, ou seja, aquela cujo acento tônico encontra-se na última sílaba, tais como: farol, você, também, e outras tantas. Falamos, portanto, “mistér”, destacando a última sílaba.

Então, se desejamos mostrarmo-nos cultos, utilizando expressões rebuscadas, antes de mais nada, é preciso que saibamos seus significados e conheçamos sua fonética. Caso contrário, para não fazer feio, é mais elegante utilizar palavras coloquiais. “É fundamental que se discirna mister de mister.”

Fica a dica aos meus queridos leitores! Antes falar com a beleza da simplicidade, do que deformar um belo discurso com palavras mal utilizadas e incorretamente pronunciadas.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s