Sobre o sonhar e as fadas

 

 

É deprimente que eu tenha deixado de falar de beleza e fadas, para marcar meus textos com descontentamentos.

Manifesto-me contra minha criatividade, que se frustrou no amadurecer e esqueceu de sonhar. Esforçar-me-ei para trazer-lhes histórias mais belas, pensamentos mais encantados e sonhadores. Meu eu antigo há de reinar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s