Saudade…

Saudade dos tempos que sequer são meus… que me vêm a memória sem sequer tê-la vivido… de um tempo onde a sinceridade era verdadeira, onde ser amigo era sinal de lealdade eterna e ajuda recíproca.
Saudade de quando o solo destas terras era dominados por grandiosas matas e animais sadios… antes de nós predarmos aqueles que já caminhavam por aqui antes mesmo de existirmos…
Saudade de quando a tecnologia não era tudo e que para sabermos se choveria, apenas olhávamos o céu, os animais e expressões da natureza.
Saudade de um tempo em que assumir o amor pelos seus amigos era tão lindo quanto fazê-lo a alguém de quem se enamorava…
Saudade de tempos que já se foram e nem sequer vive… mas que daria tudo para vi vê-lo…
Pois são poucos a quem digo te amo e são poucos aqueles que me dizem te amo…
Pois são pouco aqueles esforçam-se a proteger a natureza que destruímos…
Pois somos mais de 6 bilhões de pessoas sobre estas terras e apenas 1% de nós, creio que bem menos até, têm consciência do quanto perdemos e temos perdido…

Uma resposta em “Saudade…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s