Crenças…

Na verdade, acho que é o cúmulo da prepotência e muita mente fechada a defesa de apenas a religião ou crença própria como sendo a verdadeira e sincera, excluindo a existência ou a veracidade de outras mais. Por que só deve existir o catolicismo, o hinduísmo, o islamismo, dentre outros? Por que defender que há apenas o politeísmo ou o monoteísmo? Ora, se alguém crê em algo, isso é um motivo para crermos no mesmo algo, pois se é acreditado por alguém, mostra-se existente e tem motivo para fazê-lo.
Não há porque zombar de outros por eles terem crenças distintas, se os gregos acreditavam em seu panteão de deuses, eles tinham porquês para isso, o que me faz ter porquês para crê-los também. Da mesma forma, vejo os rituais incas, astecas, hindus, das tribos africanas e todos demais povos que possuiem cultura divergente da de outros.
Se um único indivíduo crê em algo, vejo, em sua crença, o motivo para segui-la também.
Não vou ser preponte de defender um único prisma, um único caminho, uma única existência e uma única crença como sendo, apenas eles, os verdadeiros.
“O que sabemos nós, pobres humanos e mortais, sobre o universo e sobre os deuses que o habitam desde tempos imemoriáveis?”
“O que conhecemos das ‘verdadeiras’ verdades?”

Uma resposta em “Crenças…

  1. Adorei seu post!Realmente; a partir do momento em que acreditamos verdadeiramente em algo, ele existe, por que não?Beijos da sua maninha — que crê em muitas coisas…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s